Como escolher revestimento de cozinha e banheiro

A escolha do revestimento de cozinha e banheiro costuma gerar muitas dúvidas, desde qual material escolher, onde aplicar e como combinar.

Essa é uma das dúvidas que chegaram até mim por quem acompanha o blog e eu decidi ajudar escrevendo este post. Então vamos lá:

Que material escolher e porquê?

Há muitos materiais que podem ser usados em cozinhas e banheiros:  

  • pedras (mármores e granitos),
  • cerâmicas,
  • porcelanatos,
  • pastilhas,
  • resina epóxi,
  • porcelanato líquido,
  • tecnocimento, etc.

É essa ampla variedade que pode dificultar na hora da escolha.

Por isso é bom objetivar a escolha dos materiais para cada um dos ambientes. Sua escolha vai depender da combinação de alguns fatores: segurança, gosto pessoal e orçamento.

Segurança

A cozinha e o banheiro são ambientes que precisam ser seguros para quem os usa. Por isso o piso precisa ter um bom grau de dureza e precisa ser antiderrapante.

Não basta ser bonito, revestimento de pisos e paredes tem que ser seguros. Se decidir usar cerâmicas, porcelanatos ou pedras nesses ambientes, você precisa entender mais sobre eles.

Escrevi sobre esses materiais em artigos anteriores. Lá você pode entender mais sobre como identificar o nível de resistência ao desgaste e à derrapagem desses materiais. E pode também baixar uma ficha técnica que poderá ser seu guia quando for às compras:

Minha sugestão é optar pelos porcelanatos e cerâmicas para o piso e paredes.

A evolução desses dois materiais tem sido cada vez maior. Eles tem formatos, texturas, cores e padrões diversos. E permitem composições interessantes, dependendo da paginação que você desejar, podendo até misturar dois ou mais tipos de materiais.

Portanto, se você é daqueles que acredita que cerâmica ou o porcelanato são cafonas, reveja seus conceitos, pois esses materiais tem valorizado cada vez mais banheiros, cozinhas e demais ambientes da casa.

E os preços são melhores quando comparados a pedras e pastilhas de vidro, por exemplo.

Gosto pessoal

Clean e moderno

Os revestimentos são a base do ambiente, por isso, muitas vezes, são usadas cores neutras para poder receber armários e acessórios com cores e tons mais presentes ou até mesmo manter a padronagem neutra até o fim da montagem desses ambientes.  

Esse pode ser o seu desejo para montar sua cozinha e banheiro, manter tudo neutro para poder decidir por ter ou não cores nesses ambientes, nas fases seguintes da decoração.   

Neste caso estamos falando em usar revestimentos brancos e em tons bege, que, além de remeter a um ambiente elegante, também traz sensação de limpeza e higiene.

Você pode usar um tom de neutro mais escuro para o piso (tons de marrom ou cinza) porque tons mais escuros não deixam tão evidentes fios de cabelo e sujeiras leves. Neste caso, para as paredes, opte por branco (se decidir por um tom de cinza no piso) ou algum tom de bege mais claro (se decidir por um tom de marrom no piso).

banheiro-clean-moderno

banheiro-clean-e-moderno
cozinha-clean-3cozinha-clean-4

Tradicional – um toque de refinamento

E se você gosta do refinamento do tipo que só as pedras, como o mármore pode trazer, você poderá tê-lo usando porcelanato que imita o mármore sem perder o efeito que a pedra natural traria e com o benefício de não ter restrição de umidade e não danificar tão facilmente como o mármore natural.

banheiro-com-marmore-1banheiro-com-marmore-3cozinha-com-marmoreProjeto de Fiona Lynch

Um pouco de cor, por favor

Embora o padrão seja usar todos os revestimentos de pisos e paredes em tons neutros, nada impede que você escolha, para uma determinada parede algum revestimento com cor.

As pastilhas de vidro, funcionam muito bem como elemento de destaque no banheiro. Você pode usar uma cor só ou várias tonalidades, como num mosaico.

Como serão aplicadas em uma área menor, o valor destas peças, que costuma ser alto, pode impactar pouco no orçamento.

banheiro-com-pastilhascozinha-com-pastilha-de-vidro3Projeto da revista Viva Decora

Rústico

Você pode preferir ter um ambiente mais rústico. Neste caso, uma opção é usar porcelanato que imita cimento queimado nos pisos e paredes ou só no piso combinando com porcelanato fosco branco nas paredes ou com pastilhas de vidro, ou com ladrilho hidráulico.

Mas, por que usar o porcelanato que imita cimento queimado e não o próprio cimento queimado? Porque o cimento queimado não pode ser usado em áreas molhadas. Ele não pode ficar submerso, mas, pode ser usado nas áreas onde a umidade é controlada. Fora da área do box, por exemplo.

cozinha-com-cimento-queimado-1

cozinha-com-cimento-queimado-2banheiro-com-cimento-queimado-1banheiro-com-pastilhas-2
Orçamento

Esta é uma parte muito importante no processo de decisão de sobre que revestimentos usar em cozinhas e banheiros. Você tem um orçamento disponível e não pode extrapolar.

Então é necessário usar de criatividade para não sair do orçamento e ainda assim, deixar a cozinha e o banheiro do jeito do que você gostaria.

Para isso, é possível que você tenha que substituir materiais, mudar a forma tradicional de aplicação que os revestimentos seguem e usar materiais que você talvez nunca tenha considerado usar na sua cozinha e banheiro.

Quer saber como? Dê uma olhada:

Substituindo materiais

Por mais que você goste de materiais nobres, como pedras, quartzo, pastilhas de vidro e outros materiais mais caros, é preciso averiguar se o seu orçamento cobre os seus desejos.

Em caso negativo, deve-se partir para o segundo plano que pode ser usar materiais que imitam esses acabamentos, como o porcelanato, que como dito anteriormente, pode imitar mármores, granitos e madeiras.

As pastilhas de vidro costumam ser mais fáceis de manter no orçamento, pois você pode aplicá-las num trecho menor em seu banheiro ou cozinha.

Outra substituição que você pode considerar é usar tinta epóxi nas paredes da cozinha e do banheiro, que não estejam diretamente expostas à água e ao vapor.

A tinta epóxi é antimofo, lavável e muito resistente. Ela tem sido cada vez mais usada nesses ambientes, sem prejuízo na estética e conforto. Pelo contrário, pintar as paredes do banheiro e cozinha pode trazer mais aconchego e conforto do que revestimentos de cerâmica.

E, se o orçamento está apertado, é mais um motivo para pensar em usá-la nestes ambientes.

Mas há uma restrição para o usos da tinta epóxi: se seu banheiro ou cozinha não tiver boa ventilação, esqueça a tinta epóxi e mantenha o uso da cerâmica ou porcelanato em todas as paredes.

banheiro-com-paredes-pintadas

Outra opção é usar cimento queimado tradicional, que é feito na obra e tem baixo custo. É preciso aplicar resina para suportar a umidade.

Não tente fazer por conta, deixe que um profissional qualificado faça o preparo e a aplicação, porque se for mal preparado ou mal aplicado, fissuras vão surgir nele.

Há a opção do cimento queimado industrializado, que é mais flexível graças a um de seus aditivos e torna o risco de incidência de fissuras menor.

banheiro-com-cimento-queimado-3

Até onde aplicar revestimentos de parede?

Se você gostou da ideia de usar tinta epóxi ou cimento queimado, é hora de entender onde usar cerâmicas ou porcelanatos e onde usar tinta epóxi ou cimento queimado.

No banheiro a ideia é revestir o piso todo com cerâmica ou porcelanato e as paredes apenas na área do box, cobrindo-as do piso ao teto. E, nas demais paredes, usar tinta epóxi ou cimento queimado.

banheiro-com-parede-pintadabanheiro-com-parede-pintada-2

Na cozinha o piso também é revestido com cerâmica ou porcelanato e a parede onde está instalada a pia também. As demais paredes, assim como no banheiro, podem receber tinta epóxi ou cimento queimado.

 cozinha-com-parede-pintada
cozinha-com-cimento-queimado-3
Essas são algumas maneiras de não precisar azulejar todas as paredes do banheiro e cozinha e administrar um orçamento enxuto.

Que rodapé usar com essas combinações?

Se o banheiro e a cozinha fossem azulejados de cima a baixo em todas as paredes e tivesse piso de cerâmica, porcelanato ou outro material impermeável, não seria necessário o uso de rodapés.

Mas com a combinação de paredes pintadas e paredes azulejadas será necessário usar rodapés. Eles podem ser do mesmo material do piso ou do material que faz o revestimento das paredes da área interna do box, no caso do banheiro.

Na cozinha é mais comum que se use o mesmo material do piso ou algo semelhante ao piso.

A altura indicada é entre 20 e 30 cm, para proteger as paredes pintadas da umidade e do atrito de vassouras e rodos causados durante a limpeza do local.

banheiro-com-paredes-pintadas-e-rodapes-de-ceramicajpgbanheiro-com-paredes-pintadas-e-rodapes-de-marmorebanheiro-com-cimento-queimado-2banheiro-com-cimento-queimado-4
Considere os fatores segurança, gosto pessoal e orçamento e você estará mais preparado para definir o revestimento de cozinha e banheiro que melhor se adequar a você.

E se você gostou deste artigo, compartilhe. E se tem alguma dúvida, comente abaixo! 🙂

Vai decorar a casa? 

4 Comentários

  1. Juliana

    Olá, meu banheiro é de cerâmica até no meio das paredes. Quando for reformá-lo poço pintar da metade para cima fora do box ou vai ficar muito antiquado e nao se usa isso mais?
    Obrigada

    • Vannia Bertholldo

      Oi Juliana 😀 !

      Você pode sim pintar a parte de cima do banheiro, desde que a ventilação seja boa. Use tinta epóxi, que é a mais indicada para banheiros e cozinhas, pois suporta bem umidade e é fácil de limpar.

      Não é antiquado usar o banheiro desta forma, pelo contrário, cada vez mais os profissionais de interiores aqui no Brasil tem indicado e orientado seus clientes a fazer dessa forma, tanto para economizar nas reformas, como para modernizar ambientes.

      Fora do Brasil é muito comum usar cerâmica e porcelanato até a metade das paredes e usar tinta na parte superior quando se trata de cozinhas e banheiros. Essa forma de remodelar está ficando forte aqui também. Busque por inspiração nas revistas, blogs e sites na internet para definir como será o seu banheiro.

      Forte abraço :D.

Deixe um Comentário